Alergias: aumente a “imunidade” da sua casa

A chegada do Outono anuncia maior exposição a alergénios e, para muitos portugueses, sintomas que prejudicam a sua qualidade de vida. É o regresso das crises alérgicas, dos anti-histamínicos e dos corticoides.

Mas nem tudo são más notícias! Siga as sete dicas sugeridas pela Architectual Digest e reforce a sua casa no combate às alergias.

 

1 – Adeus aos tapetes (ou talvez não!)

Não há tapete onde não hajam poeiras, bactérias ou ácaros mas pisar um chão frio também não aconchega ninguém.
A solução pode passar pela polivalência do vinil enquanto substituto ou por pisos de madeira, que se tornam mais quentes que os cerâmicos.

Foto: D.R

 

2 – Um bom desumidificador também ajuda

O vapor alivia as irritações da garganta e a tosse seca, além de melhorar a pele e reduzir a fadiga ocular provocada pelo aquecimento e ares condicionados. Atingir um ponto de humidade “saudável” é mais um contributo para purificar o ar.

Foto: MANOLO YLLERA

 

3 – Controle os insectos e o bolor

Evitar o contacto com insectos bem como os ambientes demasiado húmidos e quentes é outra das dicas a ter em conta para promover uma melhor qualidade do ar em sua casa e, consequentemente, afastar-se de agentes alergénicos.

Foto: MONTSE GARRIGA

 

4 – Equacione “dispensar” os cortinados

Tal como os tapetes, os cortinados podem reter inúmeros agentes nocivos, desencadeadores de crises e virar-se contra a nossa saúde. Caso não possa (ou mesmo não queira) prescindir deles, deve lavá-los frequentemente e aspirá-los, pelo menos, uma vez por semana.

FOTO: MANOLO YLLERA

 

 

5 – Aposte na lavagem a altas temperaturas

Os ácaros não conseguem sobreviver a temperaturas superiores a 60º, pelo que deve considerar a lavagem a temperaturas superiores. Os tecidos mais delicados, que exigem outro tipo de cuidados para não danificar, deverá lavar a 30º.

FOTO: BELÉN IMAZ

 

 

6 – Substitua o aspirador

Um bom aspirador deverá ter um filtro eficaz, evitando que simplesmente vá espalhando as partículas pela casa. O ideal será um equipamento com filtro de alta eficiência. Caso mantenha os tapetes em casa, deve passar o aspirador no sentido contrário aos fios ou fibras.

FOTO: MANOLO YLLERA

 

 

7 – Abra as janelas (mas nem sempre!)

Fazer circular o ar, renovando-o é essencial mas nem todas as épocas do ano e horas do dia são propícias.
Deve consultar os boletins polínicos e ter atenção às primeiras e últimas horas do dia: dizem os especialistas que são as piores!

FOTO: MARK G. PETERS

 

FONTE: Architectural Digest

 

 

 

 

Outras notícias