Santos populares em casa? Claro que sim!

Quem gosta de festejar os santos populares e não é fã de grandes multidões andará por estes dias indeciso quanto à forma e local para o fazer. Como escapar à enxurrada de gente que por esta altura percorre as ruas e garantir a animação? Organizar um “arraial” em casa poderá ser uma excelente solução. Experimente e vai ver que poderá ser tão ou mais divertido do que na rua, além de ser um argumento fantástico para reunir família e amigos.

Festa que é festa tem de ter música! Por isso, não se esqueça de reunir os alguns êxitos da música popular portuguesa numa playlist à altura do acontecimento. Depois é só aumentar o volume!

Se há coisa que não pode faltar no seu arraial são as sardinhas. E a elas juntam-se as bifanas e o caldo verde! Já agora não se esqueça da broa e dos legumes para uma boa salada de alface, de tomate e de pimentos. Assegure-se que tem disponíveis lenha e carvão suficientes e, claro, o grelhador. Sangria, cerveja e sumos também estão, naturalmente, convocados para a festa e, de preferência, em quantidade. Para rematar, umas sobremesas caem sempre bem.

Mas o que seria da festa sem decoração à altura? Grinaldas, balões e manjericos são artigos que por esta altura não faltam no comércio local ou nas grandes superfícies mas, se tem disponibilidade e quiser marcar a diferença, pode produzir os enfeites. O que não falta são tutoriais por essa internet fora…

Em ambiente de festa e sobretudo nos santos populares não é tarefa fácil mas, ainda assim e como nota de rodapé, deixamos apenas uma observação: apesar das festividades, tente não perturbar os vizinhos. O melhor será mesmo convidá-los!

Outras notícias