Acidentes domésticos: aprenda a preveni-los | Brickwall

Acidentes domésticos: aprenda a preveni-los

O excerto da publicação que infra transcrevemos não é propriamente recente mas a temática, porém, é sempre actual.

“Dados do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge indicam que 36,4% dos acidentes com crianças até aos 14 anos ocorreram em casa mas, se fossem consideradas apenas crianças até aos cinco anos, este valor subiria para os 80%.

As quedas são a principal causa de acidentes domésticos, seguindo-se os cortes, as queimaduras e as intoxicações.

Tudo é um brinquedo

Botões, tampas e rolhas de garrafas, moedas, pequenos pregos e brinquedos com peças pequenas são objectos atractivos para crianças até aos três anos, que gostam de levar tudo à boca. No entanto, constituem um grande perigo pois a criança pode engasgar-se e até sufocar.

Alertar e ensinar é fundamental

Não se limite a proibir a criança de fazer determinada coisa, deve procurar ensiná-la e alertá-la para os riscos que certos actos envolvem, para que ela possa desenvolver a noção de perigo e de comportamentos perigosos. Não desista, mesmo quando se trata de uma criança pequena e a explicação requer muita paciência. Sobretudo, dê o exemplo: as crianças imitam os adultos.

Medidas para prevenção de acidentes domésticos

ESCADAS

Devem ter corrimão de apoio e o piso não deve ser escorregadio;
Coloque protecções e barreiras em todos os acessos às escadas;
Não se esqueça de fechar as protecções e as barreiras de acesso às escadas depois de passar.

JANELAS E VARANDAS

Coloque grades ou redes de protecção em todas as janelas e varandas.

COZINHA

Não deixe as crianças sozinhas na cozinha;
Guarde facas e objectos cortantes em locais pouco acessíveis;
Não deixe tachos e panelas ao lume sem ninguém estar na cozinha e tenha cuidado com líquidos quentes;
Certifique-se que desliga os bicos do fogão quando acaba de cozinhar;
Vire os cabos das frigideiras para o interior do fogão;
Guarde fósforos e isqueiros em locais seguros, fora do alcance das crianças;
Tenha cuidado ao utilizar o gás do fogão;
Utilize apenas toalhas, aventais e panos de cozinha de tecidos naturais;
Quando usar o micro-ondas, não cubra os alimentos com papéis metalizados nem coloque no interior do aparelho louça com decoração prateada ou dourada, pois causa faísca;
Mantenha as crianças afastadas do forno devido ao risco de queimaduras;
Guarde os pequenos electrodomésticos em armários altos ou com portas fechadas porque aparelhos ao alcance das crianças podem ser facilmente puxados e os fios podem causar acidentes fatais como enforcamento.

PRODUTOS DE LIMPEZA E OUTROS TÓXICOS

Guarde estes produtos fora do alcance das crianças. Existem fechos que impedem a abertura de armários e gavetas da cozinha;
Nunca coloque detergentes, lixívia, insecticidas ou pesticidas em garrafas de água/refrigerantes de plástico já usadas.

ELECTRICIDADE E TOMADAS

As tomadas devem ter ligação à terra;
Instale protectores nas tomadas para evitar choques.

OBJECTOS PONTIAGUDOS OU CORTANTES

Mantenha objectos como facas, tesouras e chaves de fendas, entre outros, fora do alcance das crianças.

TÁBUA E FERRO DE ENGOMAR

Nunca deixe o ferro ligado com o fio desenrolado. Além da elevada temperatura, é perigoso porque pode ser puxado pela criança;
Evite tábuas de passar roupa que possam ser puxadas para baixo.

MEDICAMENTOS

Devem ser guardados em lugares altos de preferência em armários ou em caixas bem fechadas;
Não tome nem dê medicamentos sem prescrição ou orientação médica;
Não tome os seus medicamentos em frente das crianças pois elas tendem a imitá-lo;
Não use medicamentos fora de prazo ou em embalagens que estejam deterioradas. Entregue-os na farmácia mais próxima.

OUTROS PERIGOS

Não deixe bebidas alcoólicas ao alcance das crianças;
Não deixe crianças com menos de 10 anos andarem sozinhas de elevador.

Fonte: CUF HOSPITAIS E CLÍNICAS

 

Outras notícias