O que são Intermediários de Crédito?

O intermediário de crédito é a pessoa, singular ou coletiva, que participa no processo de concessão de crédito. O seu papel manifesta-se de várias formas:

Propondo contratos de crédito a consumidores;

Dando assistência a clientes na preparação para um contrato de crédito, mesmo que este não tenha sido apresentado pela própria entidade;

Disponibilizando serviços de consultoria, através da transmissão de recomendações personalizadas sobre este tipo de contratos

O crédito é sempre concedido por uma instituição autorizada para tal. O intermediário não está autorizado a conceder crédito nem a intervir na comercialização de outros produtos ou serviços bancários. 

As instituições de crédito habilitadas a desenvolver a sua atividade em Portugal podem prestar serviços de intermediação de crédito relativamente a contratos de crédito em que não atuem como mutuantes. Estas entidades podem igualmente prestar serviços de consultoria em relação a contratos de crédito em que sejam mutuantes ou atuem apenas como intermediários de crédito.

Quais as vantagens da intermediação de crédito?

Intermediação significa mediar, estabelecer uma ligação. Neste caso, a intermediação de crédito procura chegar a um entendimento entre o cliente e as instituições financeiras.

Pode pensar-se que seria mais rápido fazer uma simples visita ao banco. Porém, ter um intermediário pode fazer com que poupe tempo, dinheiro e preocupações. Esta entidade traz as seguintes vantagens:

Taxas de juro mais baixas: pode usufruir, por norma, de taxas de juro mais baixas do que as praticadas pelas instituições bancárias

Processo mais ágil e rápido: o intermediário tornará o processo mais simples, realizando a operação de forma eficiente e descomplicada. Assim, não perde tempo com as burocracias do processo e vê o dinheiro ser-lhe disponibilizado rapidamente

Aconselhamento personalizado: acompanhamento personalizado e um serviço de consultoria com profissionais experientes. Desta forma, conseguirá obter o acordo de financiamento mais favorável e ajustado à sua situação

Assistência contínua: se escolher este serviço vai beneficiar de uma assistência contínua em todos os aspetos do seu crédito. Terá apoio em todo o processo de preparação do seu contrato e conseguirá que o seu pedido seja submetido da forma mais correta possível, tornando o processo mais breve

Quando se quer comprar casa, começar pelo crédito à habitação pode parecer algo fora do comum, mas pode ser a melhor estratégia para quem não quer perder tempo desnecessariamente. Mas como conseguimos ter a pré-aprovação de um empréstimo sem já ter uma casa em mente ou uma ideia de qual vai ser o investimento? E porque motivo é melhor ter este como o primeiro passo a dar?

A pré-aprovação do crédito à habitação consiste na análise do perfil financeiro do cliente, avaliando os seus rendimentos, despesas e nível de risco associado. Tendo em conta esses fatores, é feito o cálculo de um valor de empréstimo para o qual é possível obter aprovação. O que resulta deste processo é um teto máximo, que se traduz no valor de financiamento que a instituição de crédito pode financiar, mediante as condições acordadas.

Porque é benéfico fazer esta análise antes de ter uma casa em vista? Porque desta forma é mais fácil definir um intervalo de preços para a pesquisa de casas. Regra geral, as instituições de crédito concedem um valor de financiamento máximo de 90% do valor do imóvel, e ao saber quanto pode obter de empréstimo, o cliente passa a conseguir ter uma noção realista do valor da compra a que poderá chegar, podendo assim focar-se nas casas que realmente estão ao seu alcance financeiramente, facilitando desta forma a procura do imóvel certo.

Esta estratégia ajuda também a dar respostas mais rápidas. Muitas são as vezes em que os negócios não se concretizam e isso deve-se ao facto de os compradores, quando encontram uma casa de que gostam, não poderem comprometer-se de imediato e precisarem de obter primeiro a aprovação do valor do crédito à habitação. Nesse intervalo de tempo pode surgir outro interessado que já tratou do crédito e passa à frente. Uma pré-aprovação é uma garantia de que se consegue um empréstimo até àquele valor. Desta forma, se encontrar a casa certa, ao preço certo, é apenas preciso fechar o negócio.

Porquê transferir o crédito à habitação?

Neste momento, em que já é possível conseguir taxas ou spreads de 1%, a transferência de um crédito à habitação pode ser a melhor opção, conseguindo assim uma poupança de milhares de euros no final do contrato. Se considera que o valor da sua prestação mensal é demasiado elevado e sente que precisa de uma folga no seu orçamento familiar, então este é um forte indicador que está na altura de rever as condições do seu crédito, ou mesmo uma transferência para uma instituição bancária que ofereça spreads mais baixos, pagando assim menos juros e poupando na sua prestação mensal.

É também importante verificar se os produtos e serviços que contratou juntamente com o seu crédito à habitação não estão a pesar nas suas prestações, produtos tais como: seguros, cartões de crédito ou contas-poupança.

O intermediário de crédito é um facilitador de todos estes processos, para que tudo corra da forma mais ágil possível e para que possa mudar-se para a casa dos seus sonhos em pouco tempo, ou para conseguir poupar milhares de euros ao melhorar as condições do seu crédito.

A The Brick Wall & Properties é um intermediário de crédito vinculado com protocolo com várias entidades bancárias. Não hesite em contactar-nos!

Outras notícias